Mostrando postagens com marcador A Panela. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador A Panela. Mostrar todas as postagens

Pizza doce de banana com chocolate

>> quinta-feira, 17 de julho de 2014

Pizzinha boa, sem complicação e, o melhor de tudo, doce! Fiz assim: comprei massa pronta de pizzinha - pode ser aquela que "finge" ter um molhinho de tomate sobre a massa pois este molhinho não afetará no sabor doce. 
Dividi entre 2 discos de pizzinha 1 banana nanica amassada, 1 colher de chá de canela polvilhada e 100 gramas de chocolate ao leite picado. Assei em forno pré-aquecido a 200ºC por 15 minutos. Depois de assada, decorei com morangos picados e uma folhinha de hortelã.  

Et voilà, lambuzei-me!
Beijos e bom fim de semana!
Paula



Read more...

Almôndega

>> sexta-feira, 11 de julho de 2014

Tentei algumas receitas de almôndegas até chegar a esta. Entre erros e acertos, aprendi algumas peculiaridades sobre este simples bolinho de carne. O pão francês é ingrediente fundamental para dar leveza ao bolinho; e a cebola tem de ser bem picadinha, miudinha mesmo, para não sobressair.


Ingredientes

500gr de carne moída (usei patinho). Peça para o açougueiro moer 2 vezes.
1 pão francês amanhecido
1/2 xícara de leite
1 ovo
1 cebola tamanho médio bem picadinha
2 dentes de alho bem amassados
Sal a gosto
Pimenta do reino a gosto
Noz moscada a gosto

Retire a casca do pão francês, jogue a casca fora, parta o pão em pedaços pequenos e deixe de molho no leite por 5 minutos. Esprema bem e reserve o pão. Deite fora o leite.

Em uma vasilha coloque a carne moída, o pão espremido, a cebola, o alho e o ovo inteiro. Misture bem. Tempere com sal, pimenta do reino e noz moscada. Torne a misturar, incorporando todos os ingredientes com os temperos.

Faça bolinhas e leve à geladeira por 1 hora.

Frite em óleo quente.

Pode servir com molho de tomate ou só frita.

~.~

Bom apetite!

Beijos
Paula

Read more...

Poulet cordon bleu à la Maura

>> segunda-feira, 7 de julho de 2014

Este prato deveria entrar naquela lista dos 10 melhores pratos que você tem de experimentar antes de... qualquer coisa. É delicioso! Bem, só poderia mesmo ser porque veio do blog "Trainee de cozinheira". Um nome bastante modesto já que a Maura só faz gostosuras por lá, verdadeiros manjares.

Segui a receita do jeitinho que a Maura ensinou. Apenas substituí a farinha de pão Panko pela farinha de rosca por ter um restinho sobrando aqui em casa. E não usei presunto porque não comemos carne de porco. No mais, fiz tudo igualzinho e este "chicken cordon bleu" ficou saborosíssimo!

O molho sugerido pela Maura é tão gostoso e versátil que ainda usarei com outros tipos de carne.

Maura, parabéns pela receita! Já entrou na lista das minhas favoritas.

Confira esta gostosura neste link aqui, que lhe direciona para o blog da Maura. Passa lá! Você vai gostar!






Read more...

Mousse de coco

>> quarta-feira, 25 de junho de 2014



























Ingredientes
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
200 ml de leite de coco (1 garrafinha)
1/2 xícara de chá de água quente (não deixar ferver)
1 envelope de gelatina em pó sem sabor, incolor
1/2 xícara de chá de coco ralado (usei o orgânico da Finococo)

Material
Liquidificador
Copinhos, forminhas ou forma


Modo de preparo
Usando o liquidificador, bata por 1/2 minuto o leite condensado, o creme de leite e o leite de coco. Reserve.

Em seguida, em uma panelinha, esquente a água sem deixar ferver e despeje todo o conteúdo da gelatina em pó. Após a gelatina dissolver na água, adicione este líquido aos demais (no copo do liquidificador) junto com o coco ralado e bata por mais 1/2 minuto.

Despeje a mistura em copinhos, taças, forminhas ou forma grande. 

Leve à geladeira por 5 horas e está pronto!

Para evitar transtornos na hora de desenformar, achei melhor gelar a mousse em copinhos e taças. Decorei com lâminas de coco.


Beijos!
Paula


Read more...

Pavê de frutas

>> domingo, 8 de junho de 2014

Essa receita é tão facinha de preparar que você não precisa mais se preocupar com a sobremesa para o Dia dos Namorados ou para assistir o jogo da Copa, ou até mesmo quando a sogra preparar aquele almoço caprichado e você quiser levar algo. 

Este pavê faz bonito e não requer habilidade alguma na cozinha. Nem mesmo um fogão você precisa ter! É muito fácil preparar este pavê. Você compra os ingredientes e monta! Como diria nossa querida Lylia Diogénes: simples assim!

E vamos lá...













Ingredientes

2 bolos sabor laranja da marca Panco ou Casa Suiça (não usem Pullman porque é muito seco)
1 lata de leite condensado
1 xícara de chá de leite
½ xícara de chá do sumo do limão Taiti
1 colher de sopa das raspas da casca do limão Taiti
1/2 xícara de conhaque ou vinho branco (pode ser doce ou seco)
Frutas que usei (todas previamente higienizadas):
Morangos (cerca de 2 xícaras de chá)
Manga Palmer (1/2 manga cortada em cubinhos pequenos)
Uva Itália (1 xícara)
Uva Thompson roxa (algumas unidades)
Uva Niágara rosada (1 xícara)

Opcional: folha de hortelã para decorar junto das frutas.

Material
Refratário redondo de 25cm de diâmetro ou retangular de 33cm x 20cm


Modo de preparo

1. Higienize todas as frutas. Reserve.

2. Corte o bolo em fatias de 2cm. Arrume as fatias no refratário, dispondo-as de maneira que preencha ao máximo o refratário. Se preciso, corte pequenos pedaços para preencher espaços vazios.

3. Em uma tigela, despeje o leite condensado, o leite, o sumo do limão e o conhaque. Misture-os bem. Depois de incorporado, despeje este líquido sobre as fatias do bolo, já no refratário.

4. Polvilhe as raspas do limão sobre todo o bolo.

5. Agora é hora de adicionar as frutas: retire a folha verde dos morangos, pique-os reservando umas 5 unidades para decorar o pavê. Espalhe os morangos picados sobre o bolo. 

6. Após esse processo, basta adicionar as demais frutas alternadamente, para deixar o pavê com um bonito aspecto.

7. Terminado de dispor todas as frutas. Cubra o refratário com um filme plástico e leve à geladeira. 

Sirva gelado!

Obs.: De um dia para o outro fica mais gostoso, mas pode fazer o pavê com um mínimo de 5 horas de antecedência e manter na geladeira até servir. Também fica bom!

Bom apetite!











Read more...

Dia dos Namorados 2014

>> quinta-feira, 5 de junho de 2014

Ao contrário dos demais países, no Brasil  o Dia dos Namorados é comemorado em 12 de junho.

Além do Dia dos Namorados, no dia 12 de junho teremos também a festa de abertura da Copa do Mundo e o primeiro jogo desta Copa: Brasil X Croácia. Tanto a festa de abertura quanto o primeiro jogo ocorrerão na cidade onde moro, chamada São Paulo.

Muito sabiamente nossa Prefeitura decretou feriado aqui na cidade. Portanto, teremos um pouquinho a mais de tempo para organizar as “festanças”. 

Aos que vão comemorar o Dia dos Namorados em casa, aí vão algumas sugestões de arrumação de mesa para um momento bem romântico e aconchegante!

Se quiser saber mais sobre cada ocasião ou ver mais imagens, basta clicar no título e você será direcionado para a postagem de mostra evento.

Se você vai servir ‘massa’ ou está inspirado na Itália para comemorar a data, aí vai minha dica: decoração “a la Toscana”. Tons terra e cores fortes.


Se seu/sua amada é ‘zen’ e você não quer gastar muito tempo com arrumação, a dica é uma “happy hour” temática, com louças de cerâmica, tons neutros e muita comidinha saudável.


Quem não gosta de pizza? E quem nunca quis adicionar um ingrediente ou outro ao recheio da pizza ‘delivery’? Esta festinha permite isso: uma infinidade de variações no recheio. Arrume a mesa com vários ingredientes e deleite-se com o resultado!








Aos que querem esquentar a casa literalmente, sugiro servir uma fondue. Como a chama do queimador se mantém acesa enquanto a fondue é servida, o ambiente costuma ficar mais “quente”. Ideal para quem está em cidades mais frias nesta época do ano. Minha fondue ainda é a de carne e costumo servi-la com diversos tipos de molho.

Se você quiser mais dicas para organizar seu Dia dos Namorados, dá uma olhadinha também nestas:


Feliz Dia dos Namorados!!!!

Beijos
Paula


Read more...

Ovos de Páscoa - dicas para uma embalagem mais atraente

>> sábado, 29 de março de 2014



Se nesta Páscoa você vai presentear com ovos de chocolate industrializados - desses comprados em supermercados; aí vai uma sugestão de embalagem para deixá-los mais bonitos e charmosos sem gastar dinheiro nem tempo. Troque a embalagem de papel plástico por guardanapos de pano coloridos! Depois, finalize amarrando com fitas de cetim, tafetá ou gorgurão.

Os ovos de Páscoa desta imagem nada mais são do que ovos de chocolate industrializados da Nestlé, Garoto, etc; comprados em supermercado; mas com novas embalagens elaboradas por mim. Os guardanapos de tecido são facilmente encontrados em lojas de tecidos ou utilidades domésticas. Estes da foto foram adquiridos na Cinerama - que está com ótimos preços neste mês de abril. As fitas de cetim e tafetá, comprei pela loja on line do Armarinho São José

É fácil de fazer: descarte o papel plástico que envolve o ovo de chocolate, envolvendo-o com o guardanapo de tecido. Lembre-se de não descartar o suporte de plástico que vem embaixo do ovo de chocolate, assim você poderá mantendo o ovo em pé, em qualquer superfície que o colocar. Finalize amarrando com a fita.



Como tinha esta cesta grande de vime sobrando aqui em casa, usei-a para colocar os ovos. Forrei-a com guardanapo de papel na cor verde e coloquei os ovos dentro dela. O espacinho que sobrou, aproveitei para preencher com um pequeno vaso de flores. Dispus a cesta com os ovos em uma mesa de canto da sala de estar.






~.~

Durante este mês de abril estarei ausente do blog por motivos de férias (êbaaaaa!).  Desde já aproveito para desejar a todos um ótimo mês e um ótimo feriadão (18 à 21/abril).



Beijos e até breve!
Paula

Read more...

Bolo de banana sem açúcar e sem farinha de trigo, com amêndoas

>> domingo, 23 de março de 2014



Este bolo é pouco adocicado porque aproveita apenas a frutose (açúcar das frutas) da banana. A receita não contém açúcar industrializado nem farinha de trigo. Para quem gosta de bolo com pouco doce, o sabor agradará bastante. A aveia substitui a farinha de trigo, conferindo um toque mais saudável. A receita é ideal para quem está em fase de reeducação alimentar e com vontade irresistível de comer um bolinho. (Eu, eu, eu!)


Ingredientes
3 bananas nanicas bem maduras
2 ovos pequenos
1/2 xícara de óleo
1 xícara de aveia em flocos
1 xícara de amêndoas picadas
1 colher (sopa) de fermento em pó
Manteiga e farinha de trigo apenas para untar a forma


Material utilizado para preparo
Liquidificador
Forma para bolo inglês


Modo de preparo
Pré-aqueça o forno a 200º. Unte a forma com manteiga e farinha de trigo.
Coloque as bananas, os ovos e o óleo no copo do liquidificador. Bata até obter uma mistura líquida - isso leva menos que 1 minuto. Adicione a aveia e o fermento em pó. Bata mais um pouco, apenas para incorporá-los à mistura. Por último adicione as amêndoas picadas mas não use o liquidificador senão irá triturá-las. Misture-as à massa utilizando uma colher de pau. Despeje a massa na forma para bolo inglês, que foi previamente untada. Leve ao forno pré-aquecido por aprox. 30 minutos.* Está pronto!

*Como a temperatura varia de forno para forno; após 25min assando, passe a observar o bolo para verificar se ficou pronto.


Bom apetite e boa semana!
Beijos
Paula


Read more...

Sorbet de manga

>> quinta-feira, 13 de março de 2014



Sorbet é uma iguaria gelada preparada à base de frutas e água. É servido entre os pratos de uma refeição, visando limpar o paladar entre eles. 

Também pode ser servido como sobremesa. É pouco calórico, muito saboroso e refrescante. Vai bem em dias quentes. 

Seu preparo é simples e, apesar das receitas indicarem a composição água + fruta + açúcar; incrementei minha receita utilizando vinho branco em vez de água e adicionando raspas de limão após a fase de congelamento. O sabor do vinho e das raspas de limão não sobressaíram ao paladar e conferiram um sabor ainda mais refrescante ao sorbet. Vamos à receita:

Ingredientes
500gr de pedaços de manga bem madura, já descascada e descaroçada (usei manga rosa)
1 limão
50 gr de açúcar
1/4 de xícara de vinho branco seco

Modo de preparo
Em uma tigela, amasse os pedaços da manga, fazendo um purê. Adicione o sumo (coado) de 1 limão, o açúcar e o vinho. Leve ao liquidificador, batendo por alguns segundos. Despeje a mistura em um pote de plástico com tampa, feche-o e leve ao refrigerador por 12 horas.

Após este tempo, retire do refrigerador. Leve a mistura congelada ao liquidificador batendo por alguns segundos, adicione raspas de limão, e está pronto para servir!


* Esta é uma das receitas que preparei com as frutas que trouxe do sítio da minha amiga, que comentei nesta postagem aqui.


Beijos e bom fim de semana!
Paula

Read more...

Uma rede preguiçosa para deitar em Bandeirantes no Paraná

>> domingo, 9 de março de 2014



Sou grande admiradora do período do Carnaval unicamente para descansar! rs Nunca fui chegada ao 'ziriguidum'. Não entendo de desfile, escola de samba, tampouco tenho samba no pé... Entretanto, o período do Carnaval sempre agradou pelo feriado prolongado que proporciona mais dias para descanso.


Mesmo gostando muito dos dias “preguiçosos” de Carnaval, também evito viajar nesta época. Os relatos das viagens deste período não são nada bons: trânsito, acidentes nas estradas, estabelecimentos cheios. Este ano, porém, criei coragem e coloquei o pé na estrada.

Fui para Bandeirantes, cidade no norte do Paraná, estado da região Sul do Brasil. Assim como inúmeras outras cidades do interior brasileiro, Bandeirantes é acanhada. Não possui infraestrutura de transporte nem de lazer e cultura. Alias, se não fosse por um motivo muito especial, talvez jamais conhecesse Bandeirantes.

Esse motivo especial foi visitar a Dina. "A" amiga, sabe? São 20 anos de uma abençoada amizade que consola, dá força, anima e eleva. Amizade boa que engrandece e tranquiliza. Amizade como esta é o elixir do bom humor.

Assim, lá fomos nós conhecer a nova morada desta minha amiga: seu sítio em Bandeirantes. Ah... quanta paz e tranquilidade naquele recanto. Quanta vida naquela terra vermelha. Foram dias de boa música, boa comida e, mais do que tudo, excelente companhia.

O sítio era cercado de plantação de cana e soja. A propósito, pesquisando no Google opções de lazer na cidade, só encontrei a seguinte informação no Desciclopédia: Bandeirantes tem 15.000 pés de cana. rs Sim, Bandeirantes é uma cidade de muita cana-de-açucar e soja; mas a atração desta vez é o pomar no sítio da minha amiga, onde a fatura vai além.

Com árvores e arbustos das mais variadas espécies de frutas e legumes, colhemos do pé banana, abacate, caqui, pera, maracujá, jabuticaba e tantas outras frutas. Reproduzo abaixo as delícias desfrutadas na viagem.

Uma rede preguiçosa para deitar

Mesa de frutas colhidas do pé






Abacate

Banana

Caqui

Jabuticaba

Jaca




Limão


Mamão



Manga

Maracujá


E aqui, a vista da varanda da casa.

Sim, foram dias maravilhosos, verdadeiramente relaxante. Das frutas colhidas surgiram receitas saborosas que pretendo publicar nas próximas postagens.

Seja na folia ou na cozinha, no agito da praia ou tranquilidade do campo, desejo que vocês também tenham passado bons dias de Carnaval!

Beijos e boa semana
Paula

Read more...

Água aromatizada para perfumar seu Carnaval

>> sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Neste Carnaval beba muita, muita água! E se sobrar tempo para fazer uma frescurinha, aí vai uma dica de água aromatizada. 


Fiz assim: coloquei água nas forminhas de gelo adicionando 1 folha de hortelã em cada cubinho. Levei para congelar. 

Na hora de servir a água, coloquei 1 cubo de gelo com hortelã e outros cubos de gelo sem. As pedras de gelo derretem rápido, a folhinha de hortelã gruda nas paredes do copo e, enquanto se bebe a água, ela exala o perfuminho da hortelã.  

Como é apenas 1 folhinha de hortelã, ela só perfuma o copo ou taça. O gosto da água não se altera. 

Bom feriado de Carnaval!

Beijos
Paula

Read more...

Carpaccio de maçã com mel e uvas passas

>> domingo, 23 de fevereiro de 2014

Peguei a receita daqui, da minha amiga Renata Boechat, do blog Eternos Prazeres, que até para comer maçã é chic! Adaptei um pouquinho. Além do mel, só utilizei a uva passa que, no final do ano, "brotou" aos montes aqui em casa.


Fiz assim: cortei uma maçã gala em fatias muito finas, reguei com bastante mel e "polvilhei" com uva passa. Pronto!

Como bem disse a Renata, é uma "comidinha para driblar a fome".  Saudável, nutritiva e a palavra "calorias" nem passa pela nossa cabeça ao saborear esse carpaccio.


Beijos e boa semana!

Paula

Read more...

Almoço italiano "in Toscana"

>> quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

No 2º encontro de blogueiras de São Paulo e Interior tive o privilégio de conhecer pessoalmente a Irene do blog Danni e Lype, com quem já conversava virtualmente. Assim que nos encontramos, a Irene me surpreendeu com um belo presente: uma embalagem de talharim de espinafre da Pastifício Primo. Não conhecia a marca, que foi eleita pela revista Veja a melhor rotisserie de São Paulo e com razão, pois é deliciosa!

O gesto da Irene me tocou de uma forma tal que me empolguei a criar uma ocasião especial para saborear o talharim. O tema não foi difícil de escolher: um almoço italiano!

Ainda não conheço a Itália, mas o filme Beleza Roubada, de Bernardo Bertolucci dá noções das belas paisagens de lá. Poético e ingênuo - o filme é um inspirador romance. Suas filmagens foram rodadas na Toscana – “la più bella regione d'Italia”.

A bela Toscana me inspira tons 'terra' como verde, mostarda e vermelho. Por isso estas foram as cores que utilizei na decoração da mesa. Imagino que uma refeição na Toscana seja farta e alegre. Deve ter queijos, cesto com pães, massas, frutas, flores, vinho e água. Então, estes foram itens que fizeram parte da nossa refeição. Assim, usando minha idealização desta bela região, e com ajuda da decoração de mesa deste link, consegui criar o almoço "in Toscana".


Um almoço na Toscana seria a céu aberto, sob uma pérgula repleta de folhagens, com céu azul e temperatura amena. Já que moro em um 'ap' bem fechado, a cor azul do céu  ficou nestes guardanapos de tecido. Eles também contribuíram para contrastar com o tom terra predominante em toda a composição.

Ao montar o arranjo das rosas vermelhas, reservei uma delas e retirei suas pétalas espalhando-as ao redor dos vasos; como que caídas naturalmente.
Já que estamos em elevadas temperaturas neste Verão brasileiro, os antepastos foram escolhidos para refrescar o paladar. Antes do almoço servi azeitonas verdes, pretas, tomate uva e queijo do reino. Como os patês ficariam expostos por muito tempo, sua base foi creme de ricota em vez de maionese. A receita está aqui.

Dois ramos de folhas extraídos dos cabos das rosas foram aproveitados para elaborar o marcador de lugares. Fiz testes colocando-os sobre os guardanapos e ao lado dos talheres, mas achei que teve mais destaque dentro dos pratos onde a massa seria servida.
Gosto muito de utilizar velas em minhas composições de mesas. Entretanto, é preciso cautela já que elas aquecem o ambiente. Como neste dia do almoço estava muito calor, optei por usar apenas um pequeno porta vela. Foi a medida certa para dar um charme à mesa sem aquecer demais.

E aqui está o almoço servido com essa deliciosa massa! O prêmio da Veja realmente faz juz à qualidade. Irene, muito obrigada pelo mimo! Gostei muito! Comi além do esperado - repeti o prato com gosto!
 

Um beijo a todos e bom fim de semana
Paula

Read more...

Happy hour zen

>> segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Certa vez, em uma revista de decoração, vi uma reportagem ilustrativa sobre mesas temáticas. Me chamou a atenção a imagem da mesa com o título ‘Um jantar para o Dalai Lama’. Ambientada de forma rústica, sua harmonia oriental não saiu mais da minha mente. Foi inspirada na imagem que vi que dei origem a este happy hour “zen”.

Utilizei peças da minha coleção de cerâmica de alta temperatura. Já falei a respeito desta arte aqui e aqui. São peças rústicas que, ao mesmo tempo, transmitem muito delicadeza. Só mesmo elas poderiam servir em uma ambientação que nos aproximasse da natureza.

Minha admiração pela arte da cerâmica de alta temperatura tem a ver, também, com minha admiração por todo ofício executado por artesãos. Em pleno século XXI, tenho grande consideração pelos profissionais especializados que produzem peças únicas a partir de matéria prima extraída da natureza - seja das árvores, da terra, dos animais (couro, lã...). Me atrai todo objeto elaborado por artesãos que usam de forma consciente e habilidosa os recursos naturais. Os objetos produzidos manualmente ou no máximo com auxílio de uma ferramenta são únicos. 

No caso da  cerâmica de alta temperatura, reparem que mesmo tendo formato e cores iguais, jamais são as mesmas. Observando as imagens abaixo, pode-se identificar a singularidade de cada peça.

As imagens deste happy hour me surpreenderam. Uma composição minimalista com  alguns galhos de avenca se tornaram uma exposição particular. Seria, talvez, resultado do carinho que tenho pelo ofício dos artesãos?

Nas primeiras imagens as peças estão  vazias, em suas formas e cores únicas. A seguir, as louças já estão preenchidas com petiscos, frutas e patês. Optei por petiscos leves, frios e que pudessem ficar expostos a temperatura ambiente. Servi patês, salgadinhos, torradas e frutas frescas. Este Verão está excessivamente quente, portanto, todo cuidado é pouco com os alimentos expostos.
Utilizei 1/2 cenoura descascada e 1/2 pepino cru para este antepasto. Cortei ambos em palitos do mesmo tamanho, de forma que coubessem no pequeno recipiente que usualmente é utilizado para o molho shoyu. Ao lado deles, dispus um copinho com molho de iogurte. Fiz assim: 1/2 copo de iogurte natural, 2 colheres de sopa de limão, 2 colheres de sopa de azeite, sal e pimenta do reino a gosto. Misturei tudo em um recipiente e pronto! Decorei com um raminho de hortelã.
O salgadinho de algas do destaque é um dos mimos que a Sakura nos presenteou com alguns mimos no 2º encontro de blogueiras de São Paulo e Interior, do qual falo aqui. Este salgadinho é de arroz com alga marinha. O sabor da alga é bem marcante, o que me surpreendeu positivamente, e o salgadinho bem temperado.  Há muito tempo não saboreava um petisco tão gostoso. Parabéns, equipe da Sakura!
Parece que estamos em temporada de jabuticabas e carambolas. Encontrei muitas bandejas delas no sacolão aqui ao lado. Além de serem frutas gostosas para saborear em dias quentes, aguentam bem por algumas horas em temperatura ambiente. São ideais para decorar mesas, tábuas e pratos de frutas. 
Fiz 3 tiops de patês: de azeitona verde, tomate seco e cebola. Todos à base de creme de ricota. Fiquei muito apreensiva em utilizar maionese. A temperatura está tão elevada que receava utilizar maionese como base. Por fim, foi uma feliz escolha pois o sabor de todos os patês agradaram a todos. Utilizei um pote de creme de ricota light de 250g. Dividi a quantidade em três partes, em pequenas travessas. Na primeira parte, adicionei 5 pedaços de tomate seco macerados em pilão em misturei. Na segunda parte adicionei 1/2 xícara de azeitonas verdes em rodela, com 1 colher de salsa e cebolinha picadas; temperei com sal e pimenta do reino. Na terceira parte adiconei 3 colheres de sopa de creme de cebola e misturei. Deixei na geladeira de um dia para o outro.
As bebidas ficaram na geladeira em grande parte do tempo. O calor estava demais. Em um banquinho auxiliar, descansávamos os copos.  
E assim foi nosso happy hour zen. Foi bem leve e feliz. Nem o calor conseguiu inibir nosso apetite!

~.~

Minhas peças foram adquiridas na Casa da Cerâmica Nakatani, em Mogi das Cruzes - SP. Os artesãos da Casa Nakatani também expõem na Feira da Benedito Calixto, aos sábados, no bairro Pinheiros - SP.


Desejo a todos uma linda semana!
Beijos
Paula

Read more...

Back to TOP