O almoço mar

>> sábado, 29 de outubro de 2011


Mar, areia da praia, água de coco e uma rede bem gostosa para deitar... Sim, ultimamente é isso o que se passa em minha mente. O ano tem sido bastante movimentado em vários aspectos - inclusive cheio de desafios profissionais. Desafios estes acompanhados de boas compensações. Ainda assim, o esforço e dedicação acabam causando alguma fadiga. As férias estão chegando (êba!) e, ainda que curtas, sei que serão suficientes para descansar e quem sabe ficar pertinho do mar.

As felizes expectativas em relação às férias fizeram-me trazer um pouquinho do mar aqui para casa! Inspirada nas conchinhas que pego quando caminho beira-mar com o Principe Encantado, preparei o "almoço mar"!

Escolhi a cor verde como base do tema. Cheguei até a experimentar uma toalha azul claro na mesa, mas a atmosfera não ficou aconchegante. Minha praia é suave, alegre e morna...
O arranjo no centro da mesa é composto por velas, flores e conchas - tudo disposto em um prato de inox redondo. A vela maior está dentro de um vaso de vidro cilindrico, cercada por conchinhas "exóticas" que encontrei em nossas viagens; enquanto que as velas menores estão em suportes baixos. Um copo para servir whisky foi o vaso das astromélias brancas. Para o bouquet de gipsofila, utilizei um solitário levemente inclinado. Na borda ao redor de todo o prato, dispus conchas maiores.

Na ocasião decidimos bebericar o vinho frisante Salton Lunae branco. É um vinho muito suave e inacreditavelmente barato! Algumas horas antes de servi-lo, deixei-o na geladeira para gelar. O balde de gelo foi improvisado com uma tigela de acrílico. Ao trazer o vinho para a mesa,  enchi o "balde" com gelo para manter a temperatura.

Nos pequeninos recipientes redondos dispus azeite, sal e molho inglês para temperar a salada. As colherzinhas de madeira serviram para dar um clima mais rústico.
Esta é a minha foto favorita da ocasião! Ela transmitiu bem a transparência e tranquilidade do momento.
Como entrada, na panelinha de cerâmica, servi uma sopa de camarões. Logo após foi a salada de folhas, cercada por um creme de camarão. A receita do creme de camarão é deste post do blog Eternos Prazeres, um blog que gosto demais da chiquérrima Renata Boechat.
Mesa posta! O prato principal: Filé de Saint Peter temperado com limão, pimenta do reino preta e sal. Refoguei-o com cebola, tomate e salsinha, regado a leite de coco. Os acompanhamentos são arroz branco e uma farofinha básica.
Abaixo está a sobremesa preparada para a ocasião: mamão, manga e melancia picados. Quase uma salada de frutas.
Mas a verdade, minha gente, é que o almoço foi tão leve e tão feliz, que deixamos essa sobremesa para depois e, na hora, fiz algo muito, muito mais calórico! Panetone com soverte e calda de chocolate!
A receita é simples: basta espedaçar um pouco de panetone. Usamos o panetone da Casa Suiça - aquela marca de bolos prontos. Assim como os bolos, o panetone também é muito bom! Depois colocamos uma bola (enorme) de sorvete sabor passas ao rum e, por fim, despejamos a calda de chocolate - receita neste post. Hmmmmm...

E foi assim - felizes e calóricos - que terminamos nosso "almoço mar"!

Espero que tenham curtido!
Desejo um lindo final de semana!

Beijos,
Paula

Read more...

Em companhia dos bichos

>> sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Olá pessoal!

Parece que neste final de semana o tempo estará muito bom aqui em São Paulo. De acordo com a previsão do tempo, não choverá e a temperatura será amena - nem frio, nem calor.

Este clima me induz a passeios ao ar livre, o que gosto muito de fazer! Um dos lugares ao ar livre mais bacana que já fui é a Companhia dos Bichos, uma fazendinha localizada entre a Granja Viana e Cotia, a mais ou menos 30 minutos do centro de São Paulo.

Trata-se de uma fazendinha concebida para a visitação do público de todas as idades. Simpática e divertida, ela é composta de vários cercadinhos, com diversos tipos de bichinhos: mini-cabras, vacas, coelhos, porcos, cavalos, patos, jabutis, tartarugas, ovelhas, jegues, pavões, dentre muitos outros. Tem até o lindíssimo búfalo Smith.

O melhor de tudo é que pode-se entrar no cercado dos bichinhos e brincar diretamente com eles. Podemos acariciá-los e alimentá-los. Tenho certeza de que todos os bichinhos são bem tratados, porque todos gostam de carinho! Para vocês terem uma idéia, os bichinhos se aproximam de todos. Eles gostam de visitas! Todos aceitam afagos - alguns pedem por mais. É uma graça!

Na fazendinha há monitores que incentivam as crianças a brincar, deixando-as muito à vontade. Os monitores também reunem as crianças para tirar leite da vaca, alimentar os patos, alimentar os coelhos e até fazer biscoito!

Este foi um dos lugares que fui com minha sobrinha Olivia, de 5 anos. Nos divertimos muito e saímos de lá felizes.

Abaixo reproduzo algumas fotos do local!



Vocês já viram tantos patos juntos?

As mini-cabras! Umas fofas!
Estes montes de feno ficam espalhados pela fazendinha. É permitido ao público alimentar os bichinhos com bocados dele. Eles comem tudo felizes!
Estes dois bichinhos andavam livremente pela fazendinha quando acharam o monte de feno!

Uma charmosa casa de taipa que decora o local.

Os cavalos são muito amistosos!


Uma simulação de cozinha caipira - ali as crianças fazem biscoito de verdade!
Um dos espetáculos da fazendinha é o pavão, que anda livremente pelo local.
Olha o show!
As fotos deles dois foram tiradas em sequência. Para mim foi inacreditável vê-los fazendo poses idênticas!


Hora de relaxar...
Este é o lindíssimo bufalo Smith. Ele é enorme!

 As emas sorrindo, com cara de 'volte sempre'!

Espero que tenham curtido! É um lugarzinho bem simpático para levar as crianças.

Beijos e um lindo fim de semana a todos!

Paula

Read more...

Um bolo de chocolate em um dia chuvoso

>> domingo, 16 de outubro de 2011

Bom dia pessoal!

Este final de semana foi de muita chuva aqui em São Paulo. Choveu todo o sábado e domingo! Aquela  gostosa "preguiça de chuva" nos invadiu. Ficamos em casa curtindo o sofá, a TV e o DVD. Assistimos a alguns filmes e noticiários.

Tentei - juro que tentei - ficar longe das malvadas calorias; mas a vontade de um 'docinho' me acompanhou durante todo o tempo.  Procurando nos armários algo para "enganar" esta vontade, encontrei uma caixa do bolo pronto 'Chocolate Cremoso' (Chocolatíssimo) da Dona Benta. Hmmmmmm... Um bolo de chocolate para um fim de semana chuvoso foi tentador demais! Não resisti!

Para 'arrebentar' de vez, decidi incrementar o bolo com uma calda de chocolate. Durante o tempo de forno, que foi de 50 minutos para uma forma pequena (20cm x 30cm), preparei esta calda encontrada no site Chocolatria, neste post aqui. Esta calda é bem cremosa e muito saborosa. Pode ser utilizada como cobertura para bolo de cenoura, por exemplo. Abaixo reproduzo a receita.

Cobertura cremosa de chocolate
Ingredientes
6 colheres (sopa) margarina
8 colheres (sopa) chocolate em pó
4 colheres (sopa) de leite
4 colheres (sopa) de açúcar
Modo de preparo
Junte todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo baixo até obter fervura. Ainda em forno baixo, cozinhe até engrossar. Cerca de 7 minutos. Espere esfriar antes de vertê-la sobre o bolo.
~.~

O resultado superou as expectativas! Utilizei uma forminha em forma de coração para cortar este bolinho aí da foto, servido para o Principe Encantado.

Quanto à mim, no primeiro bocado, a sensação foi: "I feel good, I know that I would. So good, so good!"

Desejo a todos uma linda semana!

Beijos
Paula

Read more...

Pavê de pêssego

>> quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Bom dia queridos!

Um domingo desses almo-çamos na casa da minha mãe. Comidinha de mãe sempre é bom, né? A minha não gosta muito de cozinhar, apesar disso, tudo o que faz é muito saboroso! Por isso, quando vou almoçar ou jantar na casa dela já sei que vou me servir... e muito! rs

Como o clima está esquentando, quis levar uma sobremesa gelada, de preferência com frutas. Tinha frutas em calda aqui em casa. Não foi preciso pesquisar muito dentre os meus blogs favoritos para encontrar, no Panelaterapia, essa atraente receita aqui.

A propósito, o Panelaterapia é um excelente blog! Vale a pena conferir!

Preparei o pavê da foto, que é um pavê de pêssego, decorado com abacaxi em calda e ameixas. Abaixo reproduzo a receita com alguns comentários.

Creme branco
É o primeiro item para preparar, pois ele deve estar frio ao cobrir a massa.
Levar para ferver em fogo baixo:
1 lata de leite condensado;
3 gemas;
600ml de leite integral;
1 fava de baunilha (utilizei 3 colheres de sopa);
3 colheres (sopa) de amido de milho.
Mexa até engrossar (se empelotar bata no liquidificador ou mixer e volte ao fogo por mais 30 segundos). Junte 1 caixinha (ou lata) de creme de leite sem soro e leve para gelar.

Geléia de Brilho
Prepará-las logo em seguida ao creme.
Leve ao fogo 100ml de calda de pêssego com 1 colher (sopa) cheia de amido de milho. Depois que ferver e engrossar, deixe esfriar em temperatura ambiente.

Montagem
Forre uma travessa com fatias de pão-de-ló. Utilizei bolo pronto sabor laranja da Pullmann. Faça uma mistura usando 1/3 de xícara (chá) de leite misturado com 1/3 de xícara (chá) da calda do pessêgo.
Umedeça o pão-de-ló com essa calda. Cubra com o creme branco (que deve estar pelo menos em temperatura ambiente, nunca morno).
Espalhe fatias das frutas de sua preferência (usamos pêssego, abacaxi e ameixa em caldas). Pincele a geléia de brilho e leve para gelar.

~.~

Fiz a receita um dia antes para ficar 'curtindo' no creme e também servi-la gelada. Ficou uma delícia de pavê! Experimentem!


Um grande beijo e um lindo final de semana!
Paula

Read more...

Um picnic na floresta

>> domingo, 9 de outubro de 2011

Bom dia pessoal!

Há muito tempo queria fazer um picnic! Inesperadamente surgiu uma oportunidade neste sábado. A programação do dia era totalmente diferente de um picnic mas, alguns compromissos foram cancelados na última hora, e aproveitamos o lindo dia para 'almoçar fora', na floresta.

Nos arredores de São Paulo, no município de Cotia, há um local chamado Parque Cemucam. Um vasto espaço verde com áreas de lazer diferenciadas: há um charmoso parquinho para as crianças, trilhas, gramados rodeados por eucaliptos e espaços para lanches.

Como o dia estava ensolarado, optamos em fazer nosso picnic em uma pequena e densa floresta, reservada especialmente para este fim. O espaço possui mesas e bancos de madeira, sob inúmeras e altas árvores, que nos protegem do sol.

Como já vinha sonhando com esta ocasião, muitas coisas já estavam anotadas "mentalmente". Foi só juntar tudo et voilà...


Em casa tinha todos os itens: os vidros, as fitas, os guardanapos, a toalha e caminho de mesa - que são de tecido TNT. Achei que as cores azul e violeta contrastariam com o verde e marrom da "floresta". As flores e plantas sobre a mesa são artificiais. Os vasinhos de vidro eram recipientes de azeitona, etc. Sempre guardo estes vidros para outros usos.
O elemento principal de um picnic é uma cesta, né? Há muito tempo tenho esta. Comprei-a aqui em SP mesmo, em uma promoção que encontrei na revista Veja SP, na seção 'Boas Compras'. Lembro-me que li sobre a promoção em um domingo, e no dia seguinte já estava na loja. Só havia 2 unidades dela!

A fita amarrando os talheres foi a forma que encontrei para que eles não se espalhassem pela cesta. O cobre-bolo de tule foi fundamental para afastar as abelhas, besouros, mosquinhas e também evitar que folhas e galhos caissem sobre os alimentos.



As saladas e frutas foram preparadas em casa. Trouxe todos os alimentos prontos, cortados e acondicionados em potes plásticos, evitando o manuseio.

E aqui está a comidinha! Fiz um patê de atum para acompanhar o lanche. Em breve passo a receita para vocês.


Não posso deixar de mostrar o canto que fizemos para relaxar após o lanche. Estendemos a canga perto da mesa, sobre as folhas secas. Nos deitamos para apreciar o céu, as árvores e toda a beleza natural ao nosso redor. Foi maravilhoso!


Também andamos pelo parque, que é muito agradável. Saimos de lá só sob os pingos d'água. Começava a chover. Na volta para São Paulo, descobrimos que aqui já caia um temporal!

Desejo a todos uma linda semana e um ótimo feriado!

Beijos,
Paula

Read more...

Uma salada florida e arroz expresso

>> sábado, 1 de outubro de 2011

Olá pessoal!

O resfriado que ronda São Paulo pegou o Principe Encantado. Sabiamos que este resfriado estava 'derrubando' então, assim que os sintomas apareceram, começamos a tratar com cuidado. Reforçamos a alimentação com sopas, infusões, frutas e muito líquido.

Ainda assim não consegui cuidar do Principe do jeito que queria. Tive uma semana extremamente ocupada no Escritório!  Até o principal executivo do grupo estava no Brasil - a última vez que ele veio foi há 2 anos. Além disso, apareceram solicitações urgentes para as quais não podia deixar de atender. Então, esta semana inteira cheguei em casa mais tarde e exausta.

Para compensar a falta,  hoje quis preparar um almoço bem natural, rico de vitaminas e o mais alegre possível. Moro ao lado de um sacolão e ali fui eu comprar verduras, legumes e frutas frescos. Chegando lá encontrei capuchinhas. Flores comestíveis. Imediatamente tive a idéia de preparar uma salada de folhas e acrescenta-las.

Utilizei alface crespa, tomatinho cereja, mini milho - comprado em conserva - e as capuchinhas. Notem o efeito alegre que elas dão à salada. Após experimentá-las achei o gôsto muito parecido com o da rucula.

Além da salada, preparei também o 'arroz expresso' -  de um dos livros de receitas da minha mãe. Há muito queria fazer este arroz e hoje surgiu a oportunidade. É muito fácil, prático - já que ele é cozido no forno e o resultado é muito bom! Alías, enquanto ele estava no forno, aproveitei para fazer outras tarefas.

Arroz expresso
Para 6 pessoas
Tempo de preparo: 1 hora (contando o tempo de forno)

Ingredientes:
2 xícaras de chá de arroz lavado e escorrido
3 colheres de sopa de purê de tomate (utilizei Pomarola tradicional)
1/2 xícara de chá de azeitona verde, sem caroço, cortada em rodelas
1 cenoura cortada em cubinhos
1 pimentão verde e 1 pimentão vermelho cortado em cubinhos (substitui por 1 tomate)
3 tabletes de caldo de galinha diluído em 750ml de água fervente
1 colher de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de queijo paresão ralado

Modo de preparo:
Em uma tigela misture o arroz com a azeitona, a cenoura e o tomate e/ou pimentão. Em uma forma ou refratário, distribua metade da manteiga em pedaços. Coloque a mistura do arroz. Distribua o purê de tomate sobre a mistura. Despeje a água e finalmente polvilhe com o queijo parmesão. Cubra com papel alumínio e leve ao forno médio por 30 minutos.
~.~

Bom apetite!

Beijos,
Paula

Read more...

Back to TOP